rez@rafaelrez.com

O mito da rolagem

8 de maio de 2008
4 Comentários

De tempos em tempos sempre rola o mesmo papo furado: a arquitetura está bem estruturada, o layout ficou lindo, está tudo andando bem até que alguém solta o comentário clássico: “o site tem rolagem, ouvi dizer que bons sites não devem ter rolagem”.

É o começo de uma argumentação longa, desgastante e que desperdiça um tempo inestimável do cliente e da equipe de desenvolvimento.

Até agora!

A Silvia Melo postou uma [excelente] pesquisa da Click Tale sobre o mito da rolagem. Depois que o Chuck Norris da usabilidade matou o mito dos 3 cliques, agora o mal da falta de espaço também cai por terra.

O estudo mostrou dados incontestáveis:

  • 91% das páginas da web possuem rolagem
  • 76% dos usuários que encontram páginas com rolagem fazem uso dela (a barra de rolagem), pelo menos pelas 2 ou 3 páginas abaixo da resolução
  • 22% dos usuários costumam fazer a rolagem até o final, independente do tamanho da página

O estudo foi feito entre novembro e dezembro de 2006, com 120 mil páginas, o que é uma amostra bastante respeitável.

Mais um mito que cai. Myth Busters rules!

.

Rafael Rez

Autor do livro "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI", publicado pela DVS Editora. Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2013. Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica, já atendeu mais de 1.000 clientes em 20 anos de carreira. Co-fundador da startup GoMarketing.cloud. Fundou seu primeiro negócio em 2002, de onde saiu no final de 2010. Foi sócio de outros negócios desde então, mantendo sempre como atividade principal a direção geral da Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor em diversas instituições: HSM Educação, ILADEC, Cambury, ESAMC,ALFA, ESPM, INSPER. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

Sua vez de falar

Seu e-mail não será publicado