rez@rafaelrez.com

Como transformar uma exigência legal em benefício para o cliente

O Código de Defesa do Consumidor estabelece que o consumidor, quando faz uma compra não presencial e não pode experimentar o produto antes de comprá-lo, tem até 7 dias para devolver o produto.

Para isso, não é preciso declarar motivo algum, pode-se simplesmente desistir da compra feita à distância, desde que o produto seja devolvido em perfeitas condições.

Ao invés de reclamar, como alguns fazem, outros resolveram transformar a letra da Lei em diferencial. A Meu Móvel de Madeira, marca de design de móveis de madeira brasileiros que atua fortemente baseada em Comércio Eletrônico, resolveu fazer parte do lado inteligente da força (infelizmente há muito mais empresas no lado nego da força neste aspecto, dificultando a devolução de produtos) e usou a Lei a seu favor de forma ética.

Olha só como eles comunicam de forma simples e direta o benefício no site:

7 dias para devolver

Isso é marketing autêntico. Simples, honesto, direto e ético. Para provar que para fazer bom marketing basta querer.

.

Rafael Rez

Autor do livro "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI", publicado pela DVS Editora. Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2013. Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica, já atendeu mais de 1.000 clientes em 20 anos de carreira. Co-fundador da startup GoMarketing.cloud. Fundou seu primeiro negócio em 2002, de onde saiu no final de 2010. Foi sócio de outros negócios desde então, mantendo sempre como atividade principal a direção geral da Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor em diversas instituições: HSM Educação, ILADEC, Cambury, ESAMC,ALFA, ESPM, INSPER. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

Sua vez de falar

Seu e-mail não será publicado